Singular Plataformas

4 dicas para a segurança no trabalho em altura

4 dicas para a segurança no trabalho em altura

Segundo a NR 35, é considerado trabalho em altura qualquer serviço feito acima de 2 metros do nível inferior e, por esta razão, é obrigação da empresa fornecer tudo o que for necessário para a realização segura do trabalho. 

Afinal, este serviço oferece muito risco para o colaborador, então é muito importante tomar todo o cuidado que for necessário. E, para ajudar todos que precisam realizar trabalho em altura, fizemos uma lista com dicas essenciais de segurança. 

1 – Análise de risco 

Antes de começar o trabalho, é importante fazer uma avaliação do local. Diversos fatores podem influenciar o serviço. Então, o ideal é ter uma equipe ou um especialista que consiga identificar os fatores de risco.  

E eles são: 

  • Fatores externos: podendo ser o clima, pensar se o local venta muito, risco de chuva, ou o trânsito e se a circulação de pessoas pode ser um risco. 
  • Fatores internos: está relacionado com o próprio local do trabalho, pensando na situação do terreno e da estrutura onde vai trabalhar. 

2 – Equipamentos para trabalho em altura 

Ao realizar o trabalho em altura, é fundamental que a empresa forneça equipamentos que garantam a segurança do colaborador. E isto engloba o uso de EPIs e também máquinas que possibilitam a elevação dele. 

Tais máquinas são as plataformas elevatórias e, antes de usá-las, é importante realizar algumas checagens. 

E elas são:

  • Calibragem do pneu; 
  • Verificação da estrutura;
  • Checagem da parte hidráulica. 

As plataformas elevatórias são fundamentais para a realização segura do trabalho em altura. Caso ainda não faça uso deste maquinário por não saber qual plataforma é interessante, conheça a Mini Plataforma Elevatória NANO. A plataforma ideal para os mais diversos serviços! 

Baixe o e-book agora mesmo!

3 – Avaliação durante o trabalho em altura

Fazer a análise do trabalho é fundamental antes e durante a sua realização. 

A análise anterior à realização do serviço é para uma avaliação dos possíveis riscos. Ou seja, para que consiga saber quais materiais de segurança serão necessários. 

A análise durante o trabalho servirá para saber se está tudo em ordem. Afinal, problemas podem surgir ao longo do tempo e pode ser necessário outros materiais e maquinários de segurança! 

É importante que os seus colaboradores prestem atenção nisso, pois só eles irão saber melhor sobre as próprias necessidades. 

4 – Treinamento

Todos os itens citados nesta lista são relativamente simples de serem aplicados, mas nada substitui uma equipe bem treinada. 

Afinal, através do treinamento o olhar para os riscos é melhor desenvolvido, é explicado sobre o uso das máquinas. Bem como de que forma avaliar se elas estão em bom estado ou não. Além disso, é explicado sobre as normas de segurança NR 18 e NR 35 e muitos outros aspectos fundamentais para a segurança do trabalho. 

Assim, ter uma equipe bem treinada é indispensável, mas não se preocupe, que aqui nós fornecemos um treinamento rigoroso com provas práticas e teóricas. Desse modo, sua equipe ficará muito bem preparada. 

Entre em contato para mais informações! 

O trabalho em altura pode oferecer diversos riscos para o colaborador, mas existem regras de segurança que podem ser aplicadas. Aplicando as dicas deste texto e oferecendo um bom treinamento para a equipe, pode ter certeza que os riscos serão minimizados!

Leia também: Sempre escolha peças originais!

Deixe uma resposta

Fechar Menu