Singular Plataformas

Plataformas elevatórias: Cuidados ao trabalhar

Plataformas elevatórias: Cuidados ao trabalhar

Cuidados ao trabalhar em Plataformas elevatórias


As Plataformas elevatórias estão cada vez mais presentes em uma variedade de serviços que precisam de manutenção em alturas, como eletricidade, pintura, soldagem, limpeza, montagem e manutenção de estruturas, entre outros. 

Alguns itens de segurança são muito importantes nas plataformas elevatórias e devem ser levados a sério na hora do seu uso, como o controle de acesso para operadores inabilitados, pneus sólidos e sensores anti esmagamento do operador. 

Além disso, é muito importante escolher a Plataforma correta para o tipo de serviço que será efetuado, cenário que garante um melhor serviço e diminui os riscos do trabalho em altura.


Plataformas elevatórias: Segurança em primeiro lugar

De acordo com anexo 4 da NR 18, o operador de qualquer Plataforma aérea deve estar qualificado para o tipo específico de equipamento que será utilizado. Isso quer dizer que se um trabalhador fizer treinamento para trabalhar apenas com uma determinada Plataforma ele não será apto para trabalhar com outra.

Além disso, antes de iniciar qualquer trabalho, todo operador deve verificar o nível de óleo diesel. Nas máquinas elétricas, por sua vez, é necessário averiguar o nível de carga da bateria, que deve estar completo. 

O teste no solo também é essencial. Assim, ao ligar as plataformas elevatórias, o operador deve testar o painel de controle, os comandos de virar subir, descer e o telescópio. Ele também tem que verificar as trincas, possíveis vazamentos de óleo e se todos os procedimentos estão funcionando.

Outro ponto de extrema importância é o uso correto do cinto de segurança, que deve ser tipo paraquedista e preso a um ponto seguro especificado no manual de operações do equipamento. 

Veja mais:

Vantagens de alugar uma plataforma elevatória 

Como utilizar as plataformas elevatórias com segurança?

O que fazer para evitar problemas ao trabalhar com uma plataforma elevatória?

Deixe uma resposta

Fechar Menu