Singular Plataformas

Normas de seguranças: cuidados com as baterias

Normas de seguranças: cuidados com as baterias

As plataformas elevatórias precisam do bom funcionamento das baterias, para que ela possa trabalhar.

Por isso, antes de subir na plataforma, o operador precisa realizar a sua checagem, para ter certeza de que será seguro subir.

E é sobre isto que vamos falar neste artigo!

Continue lendo para saber quais itens checar nas baterias das plataformas elevatórias.

A bateria nas plataformas

Cada plataforma possui uma demanda de energia diferente, por isso, cada uma terá uma quantidade diferente.

Nas tesouras, você poderá encontrar até 4 baterias, enquanto nas articuladas, podem chegar até 8 baterias.

As disposições também diferem, há modelos em que todas estarão de um lado, mas em outras as disposições podem estar em lados diferentes.

Mas, mesmo com todas essas diferenças, as baterias são iguais, então a verificação é a mesma.

Agora, vamos explicar o que precisa ser verificado e como isso é feito.

Verificação dos itens da bateria

Antes de subir em uma plataforma, o operador tem diversos itens que precisam ser verificados. O principal deles é a bateria.

Caso isso não seja verificado, correrá o risco da bateria ficar sem carga durante o uso, dela estragar, pelo baixo nível, ou alto nível, de água, e até explosões.

Por isso, o operador precisa verificar os itens a seguir.

1- Os pólos da bateria

Durante o uso da plataforma, a região onde ficam as baterias pode trepidar muito, então é preciso verificar se os pólos estão bem apertados, para que eles não se soltem com o uso, podendo gerar uma faísca e acarretar em uma explosão.

A verificação é manual e é feita pelo próprio operador, não necessitando de um técnico neste momento.

2- Nível de água na bateria

Para verificar o nível da água, basta tirar as tampas da bateria e analisar como está. Ela precisa ficar até 1 centímetro acima das placas.

Caso observe o baixo nível, complete com água desmineralizada. Evite encher muito, pois a água pode transbordar e danificar a bateria.

3- Recarga

Primeiro ponto é que, até para a recarga, o nível de água na bateria precisa estar correto.

Após a verificação do nível da água, você pode dar um ciclo curto de carga, mas caso queira uma carga completa, a plataforma precisa ficar, pelo menos, 10 horas carregando.

Antes de subir em uma plataforma, o operador precisa verificar o estado da bateria. Caso não o faça, poderá prejudicar o serviço e até causar acidentes.

Também é importante ressaltar os cuidados ao manuseá-la, pois a bateria possui substâncias químicas corrosivas, então, se for necessário, chame um técnico para fazer a avaliação.

Quer ver mais detalhes sobre as baterias? Venha para o nosso canal no YouTube e assista ao vídeo!

Saiba mais: Singular Plataformas

Deixe uma resposta

Fechar Menu